Lava Jato denuncia Fernanda Richa por lavagem de dinheiro

A ex-secretária de Estado do Paraná, Fernanda Richa, esposa do ex-governador Beto Richa, foi denunciada nesta terça-feira (12) pela Força Tarefa Lava Jato. Ela é acusada pelo crime de lavagem de dinheiro em um processo que investiga esquema de propina em contratos de pedágio no Estado.

O nome da ex-primeira dama foi incluído na mesma denúncia apresentada pelo Ministério Público Federal (MPF) no dia 29 de janeiro, segundo a força-tarefa, após análise de novas provas. Na denúncia também constam os nomes do ex-governador, de um dos filhos do casal, André Richa, e do contador da família, Dirceu Pupo, denunciados por lavagem de dinheiro na compra de um terreno em um condomínio de Curitiba, em 2012.

Esta é a segunda denúncia contra Beto Richa apresentada pelo Ministério Público Federal (MPF) envolvendo um esquema de pagamento propina em contratos de pedágio. A primeira tratava dos crimes de corrupção passiva e pertencimento a organização criminosa.

Nesta segunda denúncia, os procuradores afirmam que um dos destinos de parte da corrupção recebida por ele era a incorporação do dinheiro, de forma dissimulada, ao patrimônio de familiares com atos de lavagem de dinheiro na aquisição de imóveis em nome da Ocaporã Administradora de Bens.

Segundo o MPF, Fernanda Richa chamou para si a “responsabilidade da venda dos lotes no empreendimento Alphaville, que foram entregues em pagamento pelo lote do Beau Rivage. Afirma, pois, seu envolvimento no crime denunciado, na medida em que o MPF, com os documentos anexados no evento 1, faz prova de que houve, na referida transação imobiliária (em que ela própria afirma ter se envolvido), ocultação de dinheiro ilícito proveniente de crimes praticados por Beto Richa”, diz um trecho destacado pelo portal G1.

Em depoimento ao Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado, relacionado a outra operação, a Rádio Patrulha, que investiga irregularidades no Programa Patrulha no Campo, em que Fernanda também é questionada sob suspeita de lavagem de dinheiro, ela cofirma que o contador Dirceu Pupo era o responsável por transações envolvendo a compra e venda de bens imóveis realizadas em nome de empresas em nome dela e de filhos. (Veja o vídeo).

Na Operação Integração, em que a Lava Jato investiga fraude na concessão de pedágios, segundo o MPF, o esquema desviou R$ 8,4 bilhões por meio do aumento de tarifas de pedágio do Anel de Integração, e de obras rodoviárias não executadas. A propina paga em troca dos benefícios, conforme os procuradores, foi estimada em pelo menos R$ 35 milhões.

Beto Richa chegou a ser preso no dia 25 de janeiro, na 58ª fase da Operação Lava Jato. A defesa diz que o ex-governador não cometeu irregularidades e que sempre esteve à disposição para prestar esclarecimentos.

O MPF dividiu as acusações em duas denúncias. Essa envolve agentes públicos, como Beto Richa, Pepe Richa – irmão do ex-governador e ex-secretário de Infraestrutura e Logística do estado – e mais outras oito pessoas.

As denúncias sustentam que o esquema de pagamentos de propina pelas concessionárias de pedágio teve início há cerca de 20 anos. Conforme os procuradores, a corrupção elevou as tarifas de pedágio pagas pelos usuários, e fez com que apenas 25% das obras previstas fossem realizadas.

Segundo a Lava Jato, as concessionárias se comprometeram a duplicar 995,7 quilômetros de rodovias no início dos contratos, mas até hoje apenas 273,5 quilômetros foram duplicados.

“O prejuízo vai muito além e se estende sobre toda a cadeia produtiva do estado do Paraná que deixou de se valer de uma infraestrutura adequada. Nós temos uma infraestrutura de rodovias muito pior do que nós deveríamos ter”, afirmou o procurador Deltan Dallagnol.

A reportagem tenta contato com a defesa de Fernanda Richa.

Alerta prevê tempestade com raios e risco de granizo nesta terça

O Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) emitiu um alerta laranja de tempestade para esta terça-feira (12), com previsão de chuvas, vento intenso e risco de granizo em todo o Paraná. Em vigor até a madrugada de quarta-feira (13), o aviso também prevê risco de corte de energia elétrica, estragos em plantações, queda de árvores e de alagamentos.

A previsão do INMET é de chuva entre 30 e 60mm/h e ventos de até 100km/h. A orientação é que a população não se abrigue próximo às árvores e que não estacione perto de torres de transmissão ou placas de propaganda.

Em caso de emergência, é possível acionar a Defesa Civil pelo telefone 199, ou o Corpo de Bombeiros via 193.

 

Ondas de até três metros

Além disso, o Centro de Hidrografia da Marinha (CHM) emitiu, nesta segunda-feira (11), um aviso de mau tempo com possibilidade de ventos de até 60km/h e rajadas na região litorânea do Paraná, Santa Catarina, São Paulo e Rio de Janeiro. O alerta, que é válido entre a noite desta terça-feira e a manhã de quinta-feira (14) aponta, ainda, a possibilidade de ondas de até três metros nestas regiões.

e acordo com o CHM, também há condição favorável à ocorrência de ressaca, com ondas de até 2,5 metros entre as cidades de Laguna (SC) e Cananéia (SP), até a manhã de quarta-feira (13).

 

Com Massa News 

Mãe joga carrinho com bebê contra a calçada e criança tomba (vídeo)

A atitude de uma mãe, flagrada por câmeras de segurança, chocou os moradores de Santo Antônio da Platina, Norte Pioneiro do Paraná. A jovem de 20 anos empurra o carrinho de bebê, que atravessa a rua desgovernado e bate na calçada. Em seguida, o objeto tomba e a menina de um ano e três meses cai no chão.

Um funcionário público que estava dirigindo pela rua 24 de Maio, e inclusive deu a vez para a jovem e o carrinho passarem, desceu do veículo ao ver a atitude da mãe e chamou a Polícia Militar. Inicialmente, o rapaz acreditava que não havia ninguém no carrinho, levando um susto ao ver a criança. O caso aconteceu no sábado (9).

“Nós fomos chamados e fomos até a casa da suspeita, onde demos a voz de prisão. É uma mulher conhecida da PM, por ser usuária de drogas. Agora, acabou cometendo este ato contra a própria filha”, disse à Banda B o tenente Dias, que esteve na ocorrência.

A jovem foi encaminhada à 4ª Companhia da PM e o bebê levado para o Conselho Tutelar. A menina não sofreu fraturas, mas teve escoriações na testa e no rosto. Enquanto isso, a mãe, que estava sob efeito de álcool, agredia verbalmente policiais militares e agentes sociais que atendiam a ocorrência. “Ela não mostrava arrependimento, mas ficou enfurecida ao saber que a filha seria levada pelo Conselho Tutelar e ameaçou a conselheira de morte”, descreveu.

A mãe fez o teste do bafômetro, que apontou 0,51 mg de álcool por litro. Ela foi autuada por violência doméstica e lesão corporal grave, permanecendo presa. Já a criança foi encaminhada ao Conselho Tutelar, permanecendo até que a Justiça decida o que fazer.

 

Beto Richa vira réu por corrupção passiva e organização criminosa

A Justiça aceitou a denúncia,divulgada no domingo (10), contra o ex-governador Beto Richa (PSDB) no âmbito da Operação Integração, que investiga pagamento de propina a Richa e outros agentes públicos por empresas de pedágio no Paraná.

Além do ex-governador do Paraná, outras nove pessoas viraram réus por crimes como organização criminosa e corrupção passiva. Trata-se da denúncia que investiga o núcleo político.

Segundo o MPF, o esquema desviou R$ 8,4 bilhões por meio do aumento de tarifas de pedágio do Anel de Integração, e de obras rodoviárias não executadas. A propina paga em troca dos benefícios, conforme os procuradores, foi estimada em pelo menos R$ 35 milhões.

Fonte: G1

Polícia prende bandidos que assassinaram fazendeiro paranaense no MS

A Polícia Civil elucidou o crime de latrocínio que vitimou o palotinense Eloir Pellizzaro.

Os dois marginais envolvidos foram presos no Paraguai pela Polícia Nacional Paraguaia e entregues a Polícia Civil no Brasil, juntamente com o veículo roubado, dinheiro, objetos subtraídos e outros utilizados pelos marginais.

O delegado Claudineis Galinari agradeceu o Comissário da Polícia Nacional do Paraguai, Sr. Victor Martinez, pelo apoio na ação.

Ratinho vai ter reuniões com secretariado e receberá prefeitos do Oeste no Show Rural

O governador do Paraná, Ratinho Júnior, vai ter uma extensa agenda de compromissos na quinta e sexta-feira, dias 7 e 8 de fevereiro, durante a instalação do governo estadual no Show Rural Coopavel, em Cascavel.

Ratinho virá à cidade acompanhado de 15 secretários e de diretores de empresas públicas. Além de reuniões com os titulares de todas as pastas do primeiro escalão, o governador também terá encontro com prefeitos de municípios ligados à Amop, a Associação dos Municípios do Oeste do Paraná. O vice-governador Darci Piana também vai cumprir agenda no Show Rural Coopavel.

Um dos encontros mais aguardados será entre Ratinho Júnior e presidentes de cooperativas do Sistema Ocepar. “Só temos a agradecer a sensibilidade de toda a equipe do Governo do Paraná de prestigiar Cascavel e o Show Rural Coopavel, um evento que além de impulsionar um amplo setor fundamental para a economia do Paraná divulga o Estado para o mundo”.

O evento

O Show Rural Coopavel é um dos três maiores eventos de transferências de novas tecnologias para o campo do mundo. Ele ocorre desde 1989 e a sua 31ª edição será de 4 a 8 de fevereiro. A expectativa de público é superior a 250 mil pessoas e a movimentação financeira deverá ficar entre R$ 1,5 bilhão e R$ 2 bilhões.

Lancha pega fogo em Paranaguá, no litoral do Paraná; veja imagens!

Uma lancha pegou fogo em Paranaguá, no litoral do Paraná, por volta do meio-dia deste sábado (26). De acordo com a Capitania dos Portos do Estado do Paraná, ainda não é possível dizer quantas pessoas estavam a bordo e nem o número de feridos porque a ocorrência está em andamento.

O barco estava no Rio Itiberê, próximo ao Subgrupamento da Capitania quando o incêndio começou.

Veja as imagens da lancha que pegou fogo em Paranguá (Colaboração/Norberto Coutinho):

 

 

Justiça decreta a prisão preventiva de ex-governador do Paraná, Beto Richa

O ex-governador do Paraná Beto Richa (PSDB) teve a prisão preventiva decretada pelo juiz Paulo Sérgio Ribeiro, da 23ª Vara Federal de Curitiba. Nesta manhã de sexta-feira, 25, a Polícia Federal faz a busca de Richa para o cumprimento da decisão. Até às 8h00 não havia a confirmação de que os ex-governador teria sido preso.

O pedido foi feito pelo Ministério Público Federal (MPF) em um desdobramento da Operação Integração – que foi uma fase da Lava Jato, que investigou a concessão de rodovias no Paraná.

Beto Richa é investigado pelos crimes de corrupção, lavagem de dinheiro e associação criminosa.

Dirceu Ferreria, contador da ex-primeira dama Fernanda Richa, também é alvo do mandado de prisão preventiva.

Primeira prisão

Beto Richa foi preso em setembro de 2018, pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), em Curitiba. Em setembro, ele foi alvo de duas operações: uma realizada pelo Ministério Público do Paraná (MP-PR), pela qual foi preso, e outra da Polícia Federal (PF), em uma etapa da Lava Jato, em que foi alvo de busca e apreensão.

Fernanda Richa, e Deonilson Roldo, que é ex-chefe de gabinete do ex-governador, e mais 12 investigados foram detidos suspeitos de envolvimento em um esquema de superfaturamento de contratos para manutenção de estradas rurais para o pagamento de propina para agentes públicos.

Beto Richa é investigado pelo pagamento de propina a agentes públicos, direcionamento de licitações de empresas, lavagem de dinheiro e obstrução da Justiça.

Informações são do site BEM PARANÁ.

Governo do Paraná anuncia novos valores do salário mínimo regional

O salário mínimo regional do Paraná vai variar de R$ 1.306,80 a R$ 1.509,20. As novas faixas entram em vigor a partir do próximo dia 1º de fevereiro, quando será assinado o decreto que formaliza o reajuste. Os novos valores foram anunciados nesta sexta-feira (25) pelo governador Carlos Massa Ratinho Junior, em conjunto com o secretário da Justiça, Família e Trabalho, Ney Leprevost, no Palácio Iguaçu, em Curitiba.

O Paraná, destacou Ratinho Junior, tem um dos maiores salários mínimos regionais do país. “O reajuste do piso é o compromisso do nosso governo em valorizar os trabalhadores”, afirmou. “Com o reajuste, aumenta o poder aquisitivo dos trabalhadores abrangidos por essa lei. Isso se reflete no movimento do comércio e nos serviços”, enfatizou o governador.

“O mínimo regional, que já entra na folha de fevereiro, é uma referência para a negociação das categorias sindicalizadas e uma garantia para as categorias que não têm sindicato”, afirmou o secretário Ney Leprevost. “Vamos trabalhar junto com o conselho em prol da classe trabalhadora, fazendo com que a geração de empregos no Paraná continue em alta”, disse ele.

O reajuste de 4,71% foi referendado nesta semana por um conselho tripartite, que tem a participação de representantes do poder público, de empregados e empregadores. O valor estabelecido fica acima do mínimo nacional, que é de R$ 998,00.

Categorias

Na categoria dos trabalhadores agropecuários, florestais e da pesca, o piso sobe para R$ 1.306, 80. Para o segundo grupo, no setor de serviços administrativos, serviços gerais, de reparação e manutenção e vendedores do comércio em lojas e mercados, o piso chega a R$ 1.355,20. Esta categoria engloba também a classe de trabalhadores domésticos.

Empregados na produção de bens e serviços industriais terão piso de R$ 1.403,60. Para o quarto grupo, na categoria de técnicos de nível médio, o piso passa para R$ 1.509,20.

Morre Caio Junqueira, ator de Tropa de Elite, aos 42 anos

O ator Caio Junqueira, do filme ‘Tropa de Elite’, morreu nesta quarta-feira no Rio aos 42 anos. Ele tinha sofrido um acidente de carro no Aterro do Flamengo no último dia 16 e desde então estava internado no Hospital Miguel Couto.

Ele dirigia sozinho em direção ao Centro do Rio, perdeu o controle do carro, que subiu o meio fio, bateu em uma árvore e capotou. Caio ficou preso dentro do veículo, desacordado.

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, ele estava internado no centro de tratamento intensivo (CTI) e morreu vítima de complicações do acidente. O ator tinha passado por uma nova cirurgia na última segunda-feira (21).

Caio Junqueira tinha 42 anos e trabalhou em várias novelas e séries televisivas. Também interpretou o aspirante Neto, no filme Tropa de Elite, lançado em 2007

Gostaria de fazer parte da nossa rede de amigos? Basta Clicar aqui!Sim, Eu Quero!