Mortes por câncer devem chegar a 9,6 milhões neste ano

O número de mortes em razão de câncer deve chegar a 9,6 milhões neste ano em todo o mundo. Já o total de novos casos deve atingir 18,1 milhões. A estimativa é de um estudo é da Agência Internacional para a Pesquisa sobre Câncer (IARC, na sigla em inglês), órgão vinculado à Organização Mundial de Saúde (OMS).

Segundo a entidade, um em cada cinco homens e uma em cada seis mulheres devem desenvolver câncer em algum momento da vida. Já as mortes decorrentes da doença devem acometer um a cada oito homens e uma a cada onze mulheres.

Conforme as expectativas da associação, quase metade dos novos casos e mais da metade das mortes devem ocorrer na Ásia. O continente concentra cerca de 60% da população mundial. Já a Europa é responsável por 23% das novas ocorrências e 20% dos óbitos, embora contenha somente 9% da população mundial.

Pela projeção, as Américas devem ser responsáveis por 21% dos casos novos identificados e 14,4% da mortalidade global. Assim como na Europa, os índices são maiores do que a participação da região na população mundial, atualmente em 13,3%.

Tipos

Os tipos de câncer que mais levam a mortes devem ser os de pulmão (18,4%), reto (9,2%) e estômago (8,2%). Já nos novos casos, as modalidades com maior incidência devem ser as de pulmão (11,6%), mama (11,6%) e reto (10,2%). Juntos, estas representam cerca de um terço dos registros da doença em todo o mundo.

No recorte por gênero, entre os homens os tipos de câncer mais comuns devem ser os de pulmão (14,5% do total), próstata (13,5%) e reto (10,9%). Já entre as mulheres, as modalidades com maior incidência devem ser câncer de mama (24,2%), seguido por de reto e de pulmão. Nos dois gêneros, o câncer de pulmão deve fechar o ano como o principal responsável por mortes.

Causas

De acordo com o IARC, as causas para os números são distintas, variando do crescimento e envelhecimento da população a fatores ligados ao desenvolvimento econômico. Em economias emergentes, pontua a associação, há uma transição de doenças relacionadas à pobreza para aquelas vinculadas a determinados estilos de vida.

Violento tufão Mangkhut atinge Filipinas com ventos de até 205 km/h

Otufão Mangkhut, o mais forte da temporada, atingiu, na manhã desta sexta-feira (14), o norte das Filipinas, afetado por ventos de até 205 quilômetros por hora e chuvas fortes, anunciaram os serviços de meteorologia do país. O super-tufão – que deverá chegar a Macau nas próximas horas – atingiu a costa filipina pela 1h40 (14h40 de Lisboa), segundo o serviço de meteorologia PAGASA.

Pouco antes da chegada do Mangkhut, de categoria 5, a máxima, o Centro Nacional de Gestão de Desastres (NDRRMC) elevou o nível de alerta em todas as regiões do norte do país, onde o embate do tufão será mais violento.

Mais de 9 mil pessoas foram retiradas das suas casas, próximas da costa, e foram criados mais de 2.100 refúgios na metade norte da ilha de Luzón.

O porta-voz do NDRRMC, Edgar Posadas, anunciou hoje em conferência de imprensa que o Mangkhut, o maior tufão que atingiu as Filipinas num lustro, afetará cerca de 5,2 milhões de filipinos que vivem num raio de 125 quilômetros da sua trajetória.

Furacão Florence deixa mortos na Carolina do Norte, diz imprensa local

As autoridades filipinas advertiram de que o impacto do Mangkhut pode ser tão destruidor como o do Haiyan, um super-tufão que fez mais de 7 mil de mortos e 16 milhões de vítimas de danos materiais em novembro de 2013.

O Governo filipino assegurou estar preparado e mobilizou 30 milhões de dólares (cerca de 27 milhões de euros) para a resposta de emergência.

O Presidente filipino, Rodrigo Duterte, reuniu-se hoje novamente com o centro de comando do NDRRMC para rever a resposta conjunta de todas as agências governamentais e enviou membros do seu gabinete às províncias em alerta para coordenarem em primeira mão as operações de emergência.

A Cruz Vermelha Filipinas também enviou equipas de resposta rápida para a zona, onde conta com mais de 30.000 voluntários para fazer rapidamente um balanço de danos após a passagem do tufão e poder o quanto antes emitir um apelo de ajuda financeira à comunidade internacional.

A organização humanitária estima o possível número de afetados pelo tufão em dez milhões, se se tiver em conta a quantidade de pessoas que vivem da agricultura em Luzón e que sofrerão graves prejuízos nas suas colheitas.

As Filipinas são anualmente atingidas por entre 15 e 20 tufões durante a temporada das chuvas, que este ano começou a 8 de junho e costuma terminar entre novembro e dezembro. Com informações da Lusa.

Mulher retira tumor do abdome com peso de uma criança de 10 anos

Uma mulher de 53 anos chegou a um hospital em Singapura com dificuldade para respirar. O motivo era um tumor no abdome do tamanho de uma abóbora gigante, com 65 cm de largura, e peso equivalente ao de uma criança de 10 anos – 27,8 kg.

O caso foi relatado no site de notícias científicas Live Science e na publicação médica BMJ Case Reports.

Tratava-se de um mioma uterino, tumor benigno comum que pode aparecer na idade fértil de uma mulher e crescer gradualmente ao longo dos anos, se não tratado.

Para removê-lo, os médicos realizaram histerectomia abdominal total, uma cirurgia que remove úteros e ovários, de acordo com relatório da BMJ Case Reports.

Ainda foi preciso uma cirurgia plástica para a reconstrução da parede abdominal, que havia diminuído por ter ficado tão distendida.
Quando chegou ao hospital, a mulher era incapaz de se mover. A massa ocupava toda a cavidade abdominal e pélvica. De acordo com a Live Science, ela não havia procurado atendimento médico por causa do medo da cirurgia.

Um mioma não se torna maligno, no entanto, pode ser fatal se crescer exponencialmente e deformar órgãos adjacentes, segundo informações da revista médica.

Pode ser tão pequeno, que não é detectável a olho ntu, como se transformar em grandes massas volumosas. O média de crescimento é de 9% a cada seis meses, segundo o relatório.

Leia também: Calor, insônia e falta de memória? Pode ser o início da menopausa

Do ponto de vista médico, um mioma é considerado “gigante” quando pesa 11 kg. No caso da mulher de Singapura, ele apresentava mais que o dobro desse peso.

Na maioria dos casos, miomas não causam sintomas, mas podem ocorrer sangramento excessivo na menstruação, dor na relação sexual, micção frequente e sensação de plenitude na parte inferior do abdome. A mulher afirmou não ter tido sintomas, conforme publicado na BMJ Case Reports. O relatório médico descreve a paciente como “virgem intacta”.

Não se sabe por quanto tempo o mioma esteva presente no corpo da mulher. Os médicos estimam que o crescimento levou ao menos cinco anos.

Casos como esse são considerados raros, pois miomas são facilmente detectáveis em exames ginecológicos de rotina.

Maior mioma da história pesava 63,3 kg

O maior mioma registrado na história pesava 63,3 kg e foi retirado após a morte da paciente. Já o maior mioma removido em vida pesava 45,5 kg. Ambos os casos ocorreram no final do século 19, segundo o relatório.

O relatório também menciona que, na história mais recente, um mioma de 26 kg foi removido de uma mulher no climatério de 47 anos em 2009. Outro caso foi relatado em 2011, quando um tumor de 11 kg da mesma natureza foi retirado de uma mulher de 33 anos.

Leia também: Distúrbios do sono provocados pela menopausa desencadeiam doenças

Ainda não se sabe o que causa o mioma uterino, mas estudos apontam para fatores como alterações genéticas e hormônios. Estrogênio e progesterona parecem promover o crescimento de miomas, segundo o relatório.
A mulher recebeu alta uma semana após a cirurgia e está bem.

Do espaço, astronauta fotografa Furacão Lane a caminho do Havaí

A bordo da Estação Espacial Internacional o astronauta, Rick Arnold fotografou o Furacão Lane se aproximando do Havaí.

O Furacão Lane continua a caminho do Havaí, segundo a ‘France-Presse’ na última quarta-feira (22), a tempestade atingiu a categoria 5, nível máximo possível. As autoridades locais calculam que ‘Lane’ deve passar muito próxima a algumas das principais ilhas havaianas entre quinta e sábado.

Ver imagem no TwitterVer imagem no Twitter
“A tripulação da Estação Espacial manda muito aloha para todos”, escreveu Arnold, no Twitter.

Ainda não é possível prever se o olho do furacão irá atingir alguma das 19 ilhas, mas as autoridades locais já emitiram alerta de furacão para a Ilha Grande do Havaí, Maui, Lanai, Molokai e Kahoolawe.

A Nasa também faz o monitoramento da atividade do Furacão Lane através de seus satélites

Segundo o Centro de Furacões do Pacífico Central, na última medição, ‘Lane’ estava com ventos de 260 Km/h e a 860 Km ao sudeste de Honolulu.

Dois sismos atingem a Indonésia em menos de 12 horas e deixam 10 mortos

Em menos de 12 horas, dois terremotos atingiram a região do Lombok, na Indonésia, deixando dez pessoas mortas. O primeiro, no início da tarde de domingo (19), teve magnitude 6,3O segundo, por sua vez, de 6,9 na escala Richter. Duas semanas atrás, tremores provocaram quase 500 mortos no país.

“Dez pessoas faleceram no terremoto de 6,9”, afirmou o porta-voz da Agência Nacional de Gestão de Catástrofes, Sutopo Purwo Nugroho. O epicentro do sismo mais forte foi localizado a uma profundidade de 20 km, informou o Centro Geológico dos Estados Unidos (USGS).

Ponte desaba em Gênova, na Itália, e deixa pelo menos 11 mortos

Um enorme viaduto desmoronou na manhã desta terça-feira (14) na cidade de Gênova, na Itália. Pelo menos 11 pessoas morreram, de acordo com a imprensa local. Bombeiros e autoridades seguem trabalhando no resgate das vítimas e número de óbitos pode ser maior.

O vice-primeiro-ministro da Itália e ministro do Interior, Matteo Salvini, disse que 200 bombeiros estão tentado resgatar as pessoas vítimas do desabamento.

Segundo o site “24 ore”, a queda pode ter sido causada por uma falha estrutural decorrente do mau tempo e de fortes chuvas que atingem o local.

O “Corriere della Sera” relata que as pistas caíram no chão por uma altura de aproximadamente cem metros: A ponte é a A-10, que liga Gênova a Ligúria, onde chove sem parar. A Defesa Civil havia inclusive declarado o alerta laranja.  O viaduto foi construído em 1967.

View image on TwitterView image on TwitterView image on Twitter

 

Maior parte do País verá nesta sexta-feira eclipse lunar total

O mais longo eclipse lunar do século 21 poderá ser observado nesta sexta-feira, 27, na maior parte do Brasil. Mas quem quiser contemplar o fenômeno precisará prestar atenção aos horários, porque o eclipse total já terá passado da metade da duração quando a Lua cheia surgir no céu brasileiro.

O eclipse total – quando a Lua cheia está completamente encoberta pela sombra da Terra e aparece avermelhada – terá duração de 1h43, mas não será possível observá-lo por todo esse tempo no País. A parte mais impressionante do fenômeno ocorrerá das 16h30, quando a Lua ainda estará abaixo da linha do horizonte, até as 18h13. Em São Paulo, a previsão é de céu com pouca nebulosidade.

“Por causa do horário, a Lua eclipsada não terá tanto contraste com o fundo do céu, por causa da claridade do crepúsculo”, afirma Paulo Bretones, professor do Departamento de Metodologia de Ensino da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar). Os eclipses lunares, diz, só acontecem na fase cheia da Lua, quando ela penetra na sombra em forma de cone que a Terra projeta no espaço.

“Imagine que o Sol está no centro de uma mesa, com a Terra girando em torno dele nesse mesmo plano. A Lua também está girando em torno da Terra, mas o plano de sua órbita é inclinado um pouco mais de 5 graus em relação à face da mesa. Embora a Terra projete sempre a sua sombra não a percebemos porque geralmente a Lua passa acima ou abaixo dela”, explica Bretones. “Assim, quando a Lua cruza o plano da órbita da Terra e, além disso, o Sol, a Lua e a Terra ficam alinhados, ocorre um eclipse lunar.”

Ao passar entre o Sol e a Lua, a Terra produz uma sombra escura sobre o disco lunar – a umbra – e a penumbra, que é uma região cinzenta. Só quando a Lua está completamente mergulhada na umbra se considera que há um eclipse total em curso. O eclipse parcial ocorre quando só uma parte da Lua está na umbra. E o eclipse penumbral acontece quando só se vê a Lua coberta pela penumbra.

“É a umbra que dá o efeito de beleza ao fenômeno, pois a penumbra na maioria das vezes é imperceptível”, diz o professor da UFSCar. O eclipse total será visto na parte leste do Brasil, enquanto a parte oeste só verá o eclipse parcial ou penumbral.

‘Lua de sangue’

Quando estiver totalmente imersa na umbra, a Lua não ficará invisível, mas deverá ganhará uma cor de cobre, avermelhada, “de sangue”. Isso ocorre porque, embora a sombra da Terra não deixe que os raios de Sol cheguem diretamente à Lua, ela é atingida por raios que são refratados pela atmosfera terrestre.

“Os componentes da luz branca que produzem as cores vermelha e laranja se espalham mais pela atmosfera, cobrindo o céu com essas cores semelhantes às que vemos no alvorecer e no crepúsculo. A refração transforma as cores em sombra, por isso a Lua fica avermelhada.” As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Incêndios na Grécia: 60 mortos e mais de 170 feridos

Ao menos 60 pessoas morreram em uma série de incêndios florestais que consomem o leste de Atenas, na Grécia, nas últimas horas. O balanço foi divulgado nesta terça-feira (24) pelo prefeito de Rafina, Evangelos Bournous, e reúne todas as mortas registradas desde o início os incêndios, ontem. O levantamento anterior apontava 50 mortos.

Os feridos passam dos 170, sendo que pelo menos 69 pessoas foram hospitalizadas, algumas das quais em situação grave, relataram fontes do governo. “Eu vi cadáveres, carros queimados. Me sinto sortuda por estar viva. Mati não existe mais”, contou uma mulher sobrevivente do incêndio, referindo-se à cidade turística costeira da região de Rafina, a cerca de 40km de Atenas.

De acordo com a emissora grega Skai, as imagens de Mati “relembram o cenário macabro” da erupção do vulcão Vesúvio em Pompeia, na Itália, pois foram encontrados corpos carbonizados de duas mulheres que morreram abraçadas com seus filhos. A Grécia decretou estado de emergência e solicitou ajuda internacional para o leste e nordeste de Atenas, onde dezenas de casas foram destruídas pelas chamas e milhares de cidadãos e turistas tentam correr para as praias para seres retirados da região em embarcações.

“Os nossos pensamentos vão para a Grécia e para as vítimas desses incêndios terríveis. A França e a Europa são solidárias e fornecem ajuda”, escreveu no Twitter o presidente francês, Emmanuel Macron.    A Turquia também entrou em contato com o governo grego para prestar ajuda. “Estamos prontos a ajudar”, disse o ministro das Relações Exteriores de Ancara, Mevlut Cavusoglu. Os dois países, marcados por uma divisão histórica de rivalidade e protagonistas de tensões políticas recentes, já colaboraram no passado em casos de desastres naturais, na considerada “diplomacia dos terremotos” de 1999, na Turquia.

Israel, por sua vez, ofereceu ajuda médica às vítimas dos incêndios e apoio aéreo ao governo. O primeiro-ministro italiano, Giuseppe Conte, disse estar “profundamente abalado com a morte de tantas pessoas nos incêndios na Grécia”. “A Itália se coloca ao lado da população grega e já está deixando à disposição dois Canadair [avião de combate a incêndios]”, anunciou. (ANSA)

“Escavávamos a caverna com pedras” conta menino resgatado na Tailândia

Os 12 meninos tailandeses e o seu técnico de futebol deixaram o hospital em que estavam internados na província de Chiand Rai, nesta quarta-feira(18).

Os integrantes do time de futebol Javali Selvagem, estavam explorando as cavernas de Tham Luang Nang Non no dia 23 de junho e acabaram ficando presos quando o local alagou devido a chuvas. Após 18 dias presos, eles foram retirados da caverna Tham Luang, no norte do país, perto da fronteira com Mianmar, na noite do último dia 10 de julho.

Depois de deixarem o hospital os meninos de 11 a 16 anos e o seu técnico, concederam entrevista coletiva transmitida em rede nacional, em sua primeira aparição pública após o resgate. Segundo informaçãos da Agência Lusa, os psiquiatras que acompanham as crianças e o treinador pediram para ter acesso às perguntas dos jornalistas previamente para evitar tocar em pontos que possam ser traumáticos aos meninos.

Conforme relata a ‘BBC Brasil’, os meninos descreveram como foi o primeiro contato que tiveram com os mergulhadores: “O técnico falou para a gente ficar quieto, porque ouviu alguém chegando. Então um de nós foi ali ver. A gente estava com medo. Peguei a lanterna e (…) foi quando os mergulhadores apareceram. Não sabia o que dizer a não ser ‘olá’!”

O técnico do time disse que eles tentaram escavar para encontrar a saída da caverna. “sentíamos que precisávamos fazer algo, e não apenas esperar ajuda. Então nos revezávamos para cavar. Bebíamos água até ficar cheios antes de escavar.”

Outro menino relatou: “Quando tínhamos tempo, escavávamos a caverna com pedras. Escavamos 3 ou 4 metros” contou.

Os garotos afirmaram ter assistido a final da Copa do Mundo, entre França e Croácia no último domingo. Eles relataram que o médico que estava cuidando deles lhes passou esta “tarefa” e que a maioria dos meninos torceu para a França.

Sem dinheiro para traficantes, refugiados são mortos pelos seus órgãos

Os imigrantes e refugiados que não têm dinheiro para pagar aos traficantes a travessia do Mediterrâneo estão sendo mortos pelos seus órgãos, revelou um criminoso que foi detido pela polícia italiana.

Segundo o The Independent, Nuredein Wehabrebi Atta, que foi condenado a cinco anos de prisão, disse que os imigrantes “eram vendidos por cerca de 15 mil euros a grupos, particularmente de egípcios, que estão equipados para recolherem os órgãos”.

O testemunho de Atta ajudou as autoridades italianas a acabarem com uma rede de tráfico de imigrantes, com a polícia a deter 38 pessoas que estavam envolvidas nessa rede. Devido às suas informações Atta vai ser colocado num programa de proteção de testemunhas.

O antigo traficante de pessoas decidiu falar agora devido ao número elevado de imigrantes que estão morrendo ao tentarem viajar de África e do Médio Oriente para a Europa.

Gostaria de fazer parte da nossa rede de amigos? Basta Clicar aqui!Sim, Eu Quero!