Corpo é encontrado enterrado de cabeça para baixo no interior do Paraná (video).

RIC MAIS PR

Uma denúncia anônima levou policiais civis a encontrar um corpo enterrado de cabeça para baixona zona rural de Mandaguaçu, no Norte do Paraná.

Crime macabro no Paraná

ossada estava parcialmente enterrada, apenas com as pernas para fora, à beira de um riacho. De acordo a Polícia Civil, a vítima pode estar envolvida em assaltos a residências nas cidades de Maringá, Sarandi, Jussara e Doutor Camargo.

Ainda segundo a polícia, a vítima seria um foragido da cadeia de Cianorte, no oeste do Paraná, integrante de uma organização criminosa que agia na região.

A morte teria sido motivado por um desacerto entre membros da própria organização criminosa.

Assista à reportagem completa:

Vítima estava com parte do corpo para fora e seria integrante de um grupo que assaltava casas na região.

Brasileiros estreiam como visitantes na Libertadores 2019; veja a tabela4

Do UOL, em São Paulo

O sorteio realizado pela Conmebol, além de definir os primeiros confrontos e os grupos da Libertadores 2019, também oficializou, nesta terça-feira (17), o mando de campo das partidas até a fase de grupos. Os clubes brasileiros vão estrear como visitantes.

Na fase preliminar, o São Paulo joga fora de casa contra o Talleres-ARG. Se chegar à chave A, fará o único duelo direto de brasileiros na fase de grupos e receberá o Internacional no primeiro jogo, no Morumbi.

Além disso, na segunda rodada da fase de grupos, o Tricolor visitaria o River Plate. O clube argentino cumprirá punição da Conmebol em seus dois primeiros jogos em casa, incluindo o possível confronto com o São Paulo, e não terá a presença de sua torcida no Monumental de Núñez.

No grupo B, o Cruzeiro vai à Argentina e visitará o Huracán, enquanto o Flamengo, na chave D, duela contra um time boliviano que ainda será definido.

O Atético-MG encara o Danubio-URU na pré-Libertadores e, se depois chegar a grupo E, terá pela frente o Cerro Porteño-PAR.

Pelo grupo F, o Palmeiras faz seu primeiro jogo na Colômbia, contra o Junior de Barranquilla. Já na chave G, o Atlético-PR visita o Tolima, também da Colômbia.

Por fim, no grupo H, o Grêmio vai à Argentina e encara o Rosario Central.

Confira os grupos e duelos:

Pré-Libertadores:

1ª fase
E1 – Delfín-EQU x Nacional-PAR
E2 – Deportivo La Guaira-VEN x Real Garcilaso-PER
E3 – Bolívia 4 x Defensor Sporting-URU

2ª fase
C1: Danubio-URU x Atlético-MG
C2: Melgar-PER x U. de Chile
C3: Bolívia 3 x Libertad-PAR
C4: Palestino-CHI x Independiente Medellín-COL
C5: Talleres-ARG x São Paulo
C6: E2 x Atlético Nacional-COL
C7: E1 x Caracas-VEN
C8: E3 x Barcelona-EQU

3ª fase
Vencedor C1 x vencedor C8
Vencedor C2 x vencedor C7
Vencedor C3 x vencedor C6
Vencedor C4 x vencedor C5

Fase de grupos (incluindo os jogos da primeira fase): 

Grupo A
River Plate-ARG
Internacional
Alianza Lima-PER
G4

5/3 – G4 x Internacional
6/3 – Alianza Lima-PER x River Plate-ARG

Grupo B
Cruzeiro
Emelec-EQU
Huracan-ARG
Deportivo Lara-VEN

7/3 – Huracán-ARG x Cruzeiro
7/3 – Deportivo Lara-VEN x Emelec-EQU

Grupo C
Olímpia-PAR
Sporting Cristal-PER
Godoy Cruz-ARG
Universidad Concepción-CHI

5/3 – Godoy Cruz-ARG x Olímpia-PAR
6/3 – Universidad Concepción-CHI x Sporting Cristal-PER

Grupo D
Peñarol-URU
Flamengo
LDU-EQU
Bolivia 2

5/3 – Bolívia 2 x Flamengo
7/3 – LDU-EQU x Peñarol-URU

Grupo E
Nacional-URU
Cerro Porteño-PAR
Zamora-VEN
G1

6/3 – G1 x Cerro Porteño-PAR
6/3 – Zamora-VEN x Nacional-URU

Grupo F
Palmeiras
San Lorenzo-ARG
Junior Barranquilla-COL
G2

5/3 – G2 x San Lorenzo-ARG
6/3 – Junior Barranquilla-COL x Palmeiras

Grupo G
Boca Juniors-ARG
Atlético-PR
Jorge Wilstermann-BOL
Tolima-COL

5/3 – Tolima-COL x Atlético-PR
5/3 – Jorge Wilstermann-BOL x Boca Juniors-ARG

Grupo H
Grêmio
Universidad Católica-CHI
Rosario Central-ARG
G3

5/3 – G3 x Universidad Católica-CHI
6/3 – Rosario Central-ARG x Grêmio

Huracan-ARG
Deportivo Lara-VEN

7/3 – Huracán-ARG x Cruzeiro
7/3 – Deportivo Lara-VEN x Emelec-EQU

Grupo C
Olímpia-PAR
Sporting Cristal-PER
Godoy Cruz-ARG
Universidad Concepción-CHI

5/3 – Godoy Cruz-ARG x Olímpia-PAR
6/3 – Universidad Concepción-CHI x Sporting Cristal-PER

Grupo D
Peñarol-URU
Flamengo
LDU-EQU
Bolivia 2

5/3 – Bolívia 2 x Flamengo
7/3 – LDU-EQU x Peñarol-URU

Grupo E
Nacional-URU
Cerro Porteño-PAR
Zamora-VEN
G1

6/3 – G1 x Cerro Porteño-PAR
6/3 – Zamora-VEN x Nacional-URU

Grupo F
Palmeiras
San Lorenzo-ARG
Junior Barranquilla-COL
G2

5/3 – G2 x San Lorenzo-ARG
6/3 – Junior Barranquilla-COL x Palmeiras

Grupo G
Boca Juniors-ARG
Atlético-PR
Jorge Wilstermann-BOL
Tolima-COL

5/3 – Tolima-COL x Atlético-PR
5/3 – Jorge Wilstermann-BOL x Boca Juniors-ARG

Grupo H
Grêmio
Universidad Católica-CHI
Rosario Central-ARG
G3

5/3 – G3 x Universidad Católica-CHI
6/3 – Rosario Central-ARG x Grêmio

Ler matéria completa

IPVA ficará em média 3,8% mais barato para veículos usados

Os proprietários de veículos usados emplacados no Paraná pagarão, em média, 3,8% a menos no Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) de 2019. Uma pesquisa de mercado realizada pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), que referencia o cálculo do imposto, apontou a desvalorização.

A redução pode ser ainda maior, dependendo da marca, ano de fabricação e modelo do veículo emplacado no Estado. Entre as maiores quedas está, por exemplo, a motoneta I/Bashan Bull Liv125, que teve uma redução de 53%, sendo uma das maiores registradas no Paraná.

Em 2019 o Paraná contará com 4,3 milhões de veículos tributados e outros 2,6 milhões não tributados. A expectativa é de que o IPVA lançado para o próximo ano atinja R$ 3,4 bilhões

Pagamento

Em 2019, a data de vencimento para pagamento em cota única (à vista) ou a quitação da primeira cota será entre os dias 24 e 30 de janeiro de 2019, variando de acordo com os números finais da placa.

Caso opte pelo pagamento à vista, o contribuinte terá um desconto de 3% no valor final. No ano anterior, o prazo para pagamento em cota única variava entre os dias 10 e 16 de janeiro.

Já o contribuinte que preferir dividir o pagamento do IPVA 2019 em três cotas, deverá ficar atendo aos prazos, de acordo com o calendário abaixo.

O pagamento da primeira cota será entre os dias 24 e 30 de janeiro; da segunda entre os dias 21 e 27 de fevereiro e da terceira e última entre os dias 21 e 27 de março de 2019, de acordo com os números finais das placas.

Mudança de pagamento

Neste exercício, os contribuintes receberão em casa apenas uma correspondência, contendo a Guia de Recolhimento para pagamento em cota única (à vista) do IPVA 2019. Quem optar por parcelar o IPVA em três cotas, deve entrar no Portal da Secretaria da Fazenda (www.fazenda.pr.gov.br) e imprimir as guias de recolhimento.

O pagamento também poderá ser feito usando somente o número do Renavam nos bancos credenciados – Banco do Brasil, Bancoob, Bradesco, Itaú, Rendimento, Santander e Sicredi.

Nota Paraná

127.664 proprietários de veículos utilizaram os créditos do Nota Paraná para quitar ou reduzir o valor do IPVA 2019. Isso ocasionou uma economia de mais de R$ 15,5 milhões aos bolsos dos contribuintes, valor 17,3% maior do que o registrado no ano anterior.

Os contribuintes que, mesmo transferindo os créditos do Nota Paraná, não conseguiram quitar o IPVA 2019 integralmente, receberão a Guia de Recolhimento com a diferença, que também poderá ser quitada à vista, aproveitando o desconto de 3% ou dividido em três cotas.

Bolsonaro faz 1ª reunião com os 22 ministros indicados nesta quarta

Notícias ao Minuto Brasil

Opresidente eleito, Jair Bolsonaro, desembarca hoje (19) em Brasília para comandar a primeira reunião ministerial com sua equipe completa. Os 22 ministros já indicados deverão estar presentes na residência oficial da Granja do Torto, utilizada por Bolsonaro como residência oficial quando está em Brasília.

A previsão é de que a reunião comece por volta das 10h e termine às 16h. Não há detalhes sobre pauta nem entrevistas. Bolsonaro pretende retornar para o Rio de Janeiro às 19h. Depois, só voltará a Brasília às vésperas da cerimônia de posse. A data ainda está sendo fechada entre 27 e 29 de dezembro.

Ontem (18), vários ministros já indicados se reuniram com suas equipes no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), em Brasília, que se transformou em gabinete de transição desde 5 de novembro. Eles usaram o dia para finalizar o desenho da estrutura e as prioridades que terão de tocar a partir de janeiro.

A expectativa é de que esse tema seja tratado na reunião pelo presidente eleito. Ontem, em transmissão ao vivo nas redes sociais, Bolsonaro reconheceu que a “barra vai ser pesada”, tão logo assuma o poder, e pediu ajuda de todos para governar.

“Está chegando o grande dia: 1º de janeiro, quando iniciaremos o nosso governo. Mais do que nunca, preciso de vocês ao nosso lado porque a barra vai ser pesada. Ninguém acreditava. Ninguém que estava lá no poder acreditava nessa vitória. Teremos problemas lá na frente? Sim. Mas acredito em Deus e no apoio de vocês.”

A primeira reunião ministerial, com a equipe incompleta, foi conduzida por Bolsonaro no momento em que ele ainda escolhia nomes para o primeiro escalão de governo.

“República de Curitiba” deve ampliar presença em diretorias da PF de Moro

Eduardo Militão

Do UOL, em Brasília

18/12/2018 04h01

Cada vez mais próxima de sua formação para o início do governo Bolsonaro, a Polícia Federal (PF) deve contar, em sua diretoria, com mais nomes oriundos da “República de Curitiba” – apelido dado ao grupo de investigadores da Operação Lava Jato vindos da capital paranaense. A PF é subordinada ao Ministério da Justiça, que ficará a cargo de Sergio Moro, notório pelo julgamento de casos da Lava Jato em primeira instância.

O time de Maurício Valeixo, escolhido pelo ex-juiz para ser diretor-geral da PF, ainda não está confirmado. Mas deve ser reforçado com Igor Romário de Paula para chefiar a Dicor (Diretoria de Investigação e Combate ao Crime Organizado), o braço mais operacional do órgão, de acordo com fontes ouvidas pelo UOL. Igor é delegado regional de Investigação e Combate ao Crime Organizado na PF do Paraná, liderando o grupo de trabalho da Operação Lava Jato no estado.

O ex-juiz Moro deu liberdade para Valeixo montar sua equipe. O futuro diretor do órgão não bateu o martelo em relação a Igor. Há outros sondados para o cargo, mas o sentimento na corporação é que o delegado do sul ficará no posto.

Igor é um dos mais experientes do grupo da Lava Jato. Em janeiro de 2017, ele criticava o fato de a Polícia Federal do Paraná, sempre parceira do Ministério Público nos acordos de colaboração premiada, ter ficado de fora das negociações quando foi fechado o pacto com a Odebrecht. “É bem provável que haja a necessidade de um recall no caso da Odebrecht“, previu. Dos 89 inquéritos abertos no STF (Supremo Tribunal Federal) a partir da colaboração de executivos da empreiteira, 22 foram arquivados até este mês, quase dois anos depois.

Valeixo também estuda chamar mais um importante nome da Lava Jato no Paraná para trabalhar com ele em Brasília. O chefe do setor de perícias do Paraná, Fábio Salvador, é um dos mais cotados para ser diretor Técnico Científico da PF. Hoje, ele lidera o time que analisa os milhares de gigabytes de documentos digitalizados após serem apreendidos em alguma das 60 fases da Operação desde 2014.

Os laudos produzidos pela equipe de Salvador vão desde estudos contábeis e de engenharia para comprovar superfaturamentos em obras, passando por análises sobre anotações em papeis, agendas e emails, até fotografias de roupas que indicam usuários de imóveis — como no caso do sítio de Atibaia atribuído ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Uma portaria baixada pelo ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, limitou a nomeação de diretores da polícia a servidores com mais experiência em cargos de direção. Três fontes ouvidas pelo UOL entendem que isso impediria o delegado Igor de assumir uma diretoria no edifício-sede da corporação em Brasília. Mas, ainda assim, não haveria problema. “Basta o ministro atualizar a portaria, pode ser o atual ou o futuro ministro”, esclareceu um ex-policial ligado à gestão da PF.

Moro priorizou equipe da operação

As mudanças dentro da PF refletem a opção escolhida pelo futuro ministro da Justiça, Sérgio Moro, de montar equipes com as quais trabalhou durante a maior operação anticorrupção da história recente do país.

O ex-juiz já nomeou a delegada Érika Marena, “madrinha” do nome da Lava Jato, para o DRCI (Departamento de Recuperação de Ativos e Cooperação Internacional). Para uma assessoria de integração de operações em todo o país, Moro nomeou Rosalvo Franco, ex-superintendente da PF no Paraná. Para o Depen (Departamento Penitenciário Nacional), o escolhido foi Fabiano Bordignon, chefe da polícia em Foz do Iguaçu (PR).

O diretor-geral da PF que está encerrando seu mandato é Rogério Galloro. Assim como Valeixo, ele compôs a equipe do ex-diretor Leandro Daiello, o mais longevo diretor do órgão. Galloro recebeu convite para atuar como assessor especial no TSE (Tribunal Superior Eleitoral). A mudança ainda não está acertada.

Santos anuncia Sampaoli após festa no aeroporto e mistério no Twitter11

UOL

Agora é oficial: o técnico argentino Jorge Sampaoli irá comandar o time do Santos. O anúncio oficial foi realizado nesta segunda-feira, um dia depois da chegada do treinador ao Brasil, que foi marcado por festa de torcedores no aeroporto de Cumbica. Antes de divulgar o acerto, o clube paulista realizou uma espécie de mistério no Twitter ao publicar “emoticons” com olhinhos e aperto de mão. Em seguida, o alvinegro praiano confirmou o acordo por duas temporadas.

O Santos também confirmou a apresentação oficial de Sampaoli para esta terça-feira, às 14h (de Brasília), no Museu do Futebol, no Pacaembu. O clube paulista abriu mão da Vila Belmiro pois acredita que a cobertura da mídia será maior em São Paulo.

Sampaoli não assinou o contrato enquanto o seu advogado, Fernando Baredes, não desembarcou no Brasil. A decisão do treinador gerou especulações entre torcedores e oposicionistas do clube de que o acordo poderia “melar”. A diretoria santista, por sua vez, sempre se mostrou confiantes no bastidores em relação ao acerto com o técnico que comandou Messi e companhia na última Copa do Mundo, na Rússia.

No entanto, como o “homem de confiança” do argentino estava em Miami-EUA, o acordo demorou mais de 24 horas para ser anunciado desde a chegada de Sampaoli ao Brasil, no último domingo.

Na última quinta-feira, o clube alvinegro já havia confirmado que as partes tinham um acerto verbal. Diante desse cenário, Sampaoli viajou para conversar sobre os últimos detalhes e também assinar o contrato.

De acordo com apuração do UOL Esporte, o treinador argentino receberá cerca de 166 mil dólares (R$ 644 mil) por mês, mas o valor pode chegar a R$ 1 milhão mensais com a inclusão dos integrantes da comissão técnica – além de dois auxiliares e um preparador físico, Sampaoli pretende reforçar bastante o departamento de análise e desempenho do Santos.

Sampaoli está sem clube desde o desligamento da seleção argentina, em julho deste ano. A diretoria santista, que tentou a contratação de Abel Braga, passou a colocar o técnico como “plano A” após descobrir que o argentino custava praticamente o mesmo valor de Arial Holan, técnico do Independiente.

Antes de chegar ao Brasil, o treinador já conversou com a diretoria santista sobre o elenco. Por telefone, ele pediu para o clube não negociar nenhum jogador antes de sua avaliação.

Sampaoli mostrou conhecimento em relação a alguns atletas, a maioria deles estrangeiros. Ele elogiou bastante o paraguaio Derlis González, que já coleciona convocações para a seleção de seu país e está emprestado ao Santos – ele pertence ao Dínamo de Kiev, da Ucrânia.

O treinador argentino será o substituto de Cuca, que tinha contrato com o Santos até o fim de 2019, mas deixou o clube por causa de problemas de saúde. No ano que vem, a equipe santista disputará o Campeonato Paulista, o Brasileirão, a Copa do Brasil e a Copa Sul-Americana.

Placa padrão Mercosul já está vigorando no Paraná

O Departamento de Trânsito do Paraná (Detran) começou nesta segunda-feira (17) a conversão das placas de automóveis adaptada pelo novo modelo adotado no Mercosul, atendendo a Resolução 729 do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran).

O novo modelo terá itens de segurança que permitirão a rastreabilidade das placas e dos veículos por meio de QR code praticamente impedindo a clonagem. Numa segunda fase haverá ainda, como reforço de segurança, a implantação de um chip.

A medida vai permitir uma maior efetividade no chamado ‘canal verde’, que é um sistema que facilita o controle de pessoas e cargas através de postos com antenas de rádio freqüência, além de melhorar a fiscalização evitando paradas dos caminhões.

A placa terá o mesmo desenho em todos os países do Mercosul com quatro letras e três números em fundo branco. O novo modelo terá código único e conterá todos os dados de confecção da placa, como a identificação do fornecedor e o número de série, data e ano da fabricação da peça. Inclui ainda o modelo do carro.

A obrigatoriedade do padrão de placas no modelo Mercosul será para as seguintes situações: Primeiro emplacamento; Aquisição de veículo; Aquisição de veículo com troca de município; Alteração de Dados com complementação de placa; Mudança de Município; Registro de Outro Estado; Troca de categorias; e outros processos que necessitem a substituição de placas.

A confirmação da validade da resolução do Contran foi dada pela chefe da 33ª Ciretran de Medianeira, Noeli Baú.

Incêndio de grandes proporções afeta cerca de 600 casas em Manaus

Notícias ao Minuto Brasil

Um incêndio no bairro Educandos, em Manaus (AM), atingiu cerca de 600 casas na noite desta segunda-feira (17). As informações são da Defesa Civil. Até o momento, quatro vítimas foram levadas a hospitais da capital.

De acordo com o G1, o incêndio começou por volta das 20h em uma região com dezenas de casas de madeira entre as ruas Inácio Guimarães e Nova. O fogo se propagou para residências de alvenaria. A situação das chamas foi agravada pela quantidade de veículos estacionados nas vias, o vento constante e uma falha na distribuição de energia elétrica.

prefeitura informou a criação de uma força-tarefa para atender vítimas e famílias desabrigadas pelo incêndio. A equipe é formada pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), Defesa Civil, Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização de Trânsito (Manautrans), Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Cidadania (Semasc) e Fundo Manaus Solidária

Vídeos e imagens do incêndio estão circulando no twitter.

Ver imagem no Twitter
Ver imagem no Twitter

Vídeo incorporado

Ver imagem no Twitter

Vídeo incorporado

Idoso ou deficiente pobre que não se cadastrar em 15 dias terá BPC suspenso

Thâmara Kaoru

Do UOL, em São Paulo

Idosos e deficientes de baixa renda que recebem o BPC (Benefício de Prestação Continuada) têm mais 15 dias para fazer a inscrição no CadÚnico (Cadastro Único para Programas Sociais) do governo federal.

O cadastro deve ser feito até 31 de dezembro e é obrigatório. Quem não fizer a inscrição terá o benefício suspenso, segundo o Ministério do Desenvolvimento Social.

Em 2016, o governo publicou um decreto determinando que idosos e deficientes do BPC precisam estar inscritos no CadÚnico para receber o benefício. Quem já fez a inscrição desde que o decreto foi publicado, não precisa fazer novamente.

As regras com os detalhes de como será a suspensão, que estavam previstas para sair no início de dezembro, ainda não foram publicadas no “Diário Oficial da União”.

Como fazer a inscrição no CadÚnico?

O cadastramento deve ser feito nos Cras (Centros de Referência da Assistência Social) ou nas secretarias de assistência social dos municípios. Clique aqui e veja os endereços dos Cras em São Paulo (para escolher outra cidade, clique no quadro azul no alto da página – “Alterar local”).

A inscrição também pode ser feita por outra pessoa que more na mesma casa do beneficiário do BPC, desde que leve os documentos de todos que residem com ele.

No CadÚnico ficam registradas informações como características da casa do beneficiário, a identificação e a escolaridade de cada pessoa que mora no local e a situação de trabalho e renda, por exemplo.

O que levar?

É obrigatório informar o número do CPF de todos os componentes da família. Segundo o ministério, para facilitar o cadastramento, a recomendação é levar também um comprovante de residência, bem como documentos pessoais de cada morador da casa.

Não lembra se fez a atualização?

É possível consultar a situação cadastral por meio da ferramenta Consulta Cidadão. Outra recomendação é procurar o Cras ou a secretaria de assistência social do seu município.

Quem tem direito ao BPC?

O BPC é um benefício assistencial da Lei Orgânica da Assistência Social para pessoas de baixa renda. Têm direito:

  • Idosos: com 65 anos ou mais
  • Pessoa com deficiência: qualquer idade. É preciso comprovar impedimentos de, no mínimo, dois anos de natureza física, mental, intelectual ou sensorial.

É preciso que a renda por pessoa da família (do idoso ou do deficiente) seja menor do que um quarto do salário mínimo vigente (R$ 238,50, em 2018). É preciso ter residência fixa no Brasil.

Por se tratar de um benefício assistencial, não é necessário ter contribuído ao INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) para ter direito. Porém, o segurado não recebe o 13º salário e não deixa pensão por morte.

Qual o valor do benefício?

Um salário mínimo (R$ 954, em 2018).

O que fazer se tiver o benefício suspenso?

Será preciso entrar com pedido de recurso no INSS em até 30 dias a partir da data da suspensão. O beneficiário poderá ser notificado pela rede bancária, por meio do Demonstrativo de Crédito de Benefício, ou por meio de carta com aviso de recebimento. Os detalhes sobre a suspensão ainda serão publicados em portaria do Ministério do Desenvolvimento Social.

Imagens e áudios mostram como quadrilha usou bombas e fuzis para invadir penitenciária e soltar presos no PR

Por RPC Curitiba, com informações do Fantástico.

Gostaria de fazer parte da nossa rede de amigos? Basta Clicar aqui!Sim, Eu Quero!